Conheça o jazz: origem, história, principais artistas e expressões do estilo musical

0
354
historia-do-jazz

O que é o Jazz?

O Jazz é um estilo musical e uma expressão artística que surgiu nos Estados Unidos, entre o final do século XIX e início do século XX. Uma manifestação musical que se originou principalmente de um legado religioso afro-americano, que influenciou diretamente na cultura do país.

conjunto de jazz
Conjunto de jazz se apresentando

Não se sabe ao certo a origem da palavra jazz, mas era uma gíria usada entre os norte-americanos antes mesmo do surgimento da manifestação artística.

Se você quer saber mais sobre essa manifestação musical, sua história, principais artistas e músicas, continue a leitura deste artigo que vem acompanhado de muita música!

História do Jazz

A história do estilo musical começa desde a época da escravidão negra nos Estados Unidos. Naquela época, os escravos festejavam diversas cerimônias com seus cantos e tambores. Alguns desses festejos eram religiosos.

Quando o tráfico de escravos começou, vieram muitos africanos do oeste da África, que trouxeram suas fortes manifestações culturais.

historia do jazz
Escravos negros se reunindo para tocar e cantar

Os africanos tinham muitas tradições ao som de tambores, tradições tribais e religiosas.
Na época da escravatura a maioria dos donos dos escravos incentivavam os negros a cantarem e dançarem, pois achavam que essa atividade os deixava mais animados e em forma, mas é claro que nem todos os donos gostavam dessa manifestação cultura, principalmente por causa do uso do tambor.

O início do jazz

O jazz é um encontro de ritmos e tradições. Com a manifestação musical dos africanos e a influência da música europeia, foram surgindo alguns estilos musicais que deram origem ao jazz: o ragtime, blues e spirituals.

O Spiritual era uma música de manifestação essencialmente religiosa, de natureza sobretudo vocal que se perpetuavam oralmente.
O Jazz então foi formado pela junção de diversos elementos do Ragtime, Spiritual e Blues.

New Orleans e o Jazz

New Orleans é a cidade que viu o Jazz surgir. Uma cidade do estado de Louisiana que habitava negros africanos, americanos, brancos, asiáticos e outros. Uma mistura perfeita para ver o surgimento de uma manifestação artística como o Jazz.

historia do jazz new orleans
New Orleans hoje, Bourbon Street

Você talvez nem imaginasse, mas o novo estilo musical surgia nos bordéis da cidade de New Orleans, especificamente no bairro de Storyville, anos em que a prostituição não era considerada ilícita – 1897 a 1917.
Os ritmos que formavam o novo estilo musical eram ouvidos nos pequenos bares de Storyvilles, os honk tonks, como eram chamados e viram o novo estilo musical se formar, sendo palco para uma nova expressão artística.

historia do jazz storyville
Antiga Storyville
Fimdotexto

Em New Orleans o Jazz se formou e se expandiu e o que contribuiu muito para isso foi justamente a sua essência livre. Mas algumas cidades do sul também foram importantes contribuições para a formação e expansão do jazz, tais quais Baltimore, Memphis, St Louis e outras.

A popularização do Jazz

Com o passar do tempo a popularização do Jazz foi inevitável, a partir do início do século XX surgiam as primeiras bandas que tinham uma formação composta de trombone, contrabaixo, piano, corneta, clarineta.

Uma banda em particular foi a responsável por propagar a nomenclatura “jazz” e tornar o estilo mais conhecido, essa banda era a “Original Dixieland Jass Band”.
A partir dos anos de 1910 os brancos ouviam e tocavam jazz, mas somente a partir de 1920 que a manifestação artística passou a ser fazer parte da cultura branca.

Uma dos grandes motivos para a popularização do jazz foi quando os americanos brancos passaram a se interessar por shows, teatro e cinema. Isso aconteceu logo após a Primeira Guerra Mundial. Nesse cenário, ouve uma forte emigração dos negros para grandes cidades, como Nova Iorque e isso difundiu o Jazz mais do que nunca.

A popularização do Jazz, a partir de 1920 alcançou patamares internacionais. As orquestras viajam por aqui pela América do Sul e pela Europa e a música passa a ser conhecida mundialmente.
A partir dos anos 20, com a indústria de discos se desenvolvendo cada vez mais, essa manifestação artística não parou de crescer e hoje é um dos estilos mais consagrados da história, com diversas expressões, artistas renomados e muitos seguidores.

Você pode conferir a lista dos melhores jazz dos anos 20 clicando aqui.

Melhores cantores de Jazz de todos os tempos

O século XX criou o Jazz, que imortalizou diversos artistas que formam a cultura do Jazz e hoje são considerados os melhores cantores de todos os tempos. Você deve conhecer muitos deles, pois são ícones do Jazz. Criamos uma lista com os melhores cantores e artistas de Jazz de todos os tempos, veja se você conhece algum(a):

Billie Holliday

Melhores cantores do jazz de todos os tempos
Billie Holiday

Billie Hollyday é uma das mais importantes vozes do Jazz. Começou a sua carreira na década de 30. Teve uma infância muito complicada e acabou se mudando para Nova Iorque aos 14 anos, onde passou a trabalhar como servente de bordéis. Morreu aos 44 anos, no ano de 1959, por seu vício em heroína.

Louis Armstrong

Melhores cantores do jazz de todos os tempos louis armstrong
Louis Armstrong tocando tompete

Quem nunca ouviu falar em Louis Armstrong, uma lenda do Jazz. Dono de uma voz marcante, o trompetista gravou jazz pela primeira vez no ano de 1917. Era um músico talentoso e você provavelmente já ouviu um dos seus maiores clássicos “What a wonderful world”.

Miles Davis

Brilhante trompetista, Miles Davis também é um dos nomes que fizeram um marco na história do jazz. Foi responsável por criar o “cool jazz”, um dos estilos ou subgêneros do Jazz. Em 1959 Mile Davis lançou o seu mais notável álbum, Kind of Blue e que também se tornou um dos álbuns mais memoráveis da história da música.

Ella Fitzgerald

Nascida em Virgínia, no ano de 1917, Ella Fitzgerald, também conhecida como “The first Lady song” ou “Primeira dama da canção”, é uma das mais notáveis cantoras de Jazz do século XX. Estreou nos palcos com apenas 17 anos e se consagrou como uma grande artista do jazz. Ella morreu aos 79, em 1996.

John Coltrane

John Coltrane iniciou sua carreira no Jazz ao 20 anos. Esteve junto com Miles Davis porque fazia parte da banda do trompetista. A convivência dos dois artistas era conturbada porque John Coltrane era viciado em heroína. Aos 33 anos passou à carreira solo e morreu novo, com apenas 40 anos.

Estilos de Jazz

Quando o Jazz foi se popularizando e se expandindo por novas localidades, foi agregando novos ritmos, novas culturas, outras músicas. A cada tempo surgiam novos estilos de Jazz e muitos deles até hoje são consagrados. O New Orleans Jazz, cidade onde surgiu o estilo musical é conhecido como o primeiro estilo. Conheça alguns outros estilos de jazz mais famosos:

Swing

O Swing é um subgênero que se expandiu principalmente entre os anos de 1938 a 1943. O Swing é muito tocado até hoje, conta arranjos perfeitos e sua característica principal é a presença de orquestras que fazem o grande diferencial nas apresentações ou na música. Um estilo que estima a perfeição técnica.

Bebop

Um nome engraçado, não é? Bebop suriu em 1945 e surge em contraponto com o Swing. Nos bebops os solistas são as grandes sensações, bem como conjuntos menores. As síncopas são as caraterísticas rítmicas desse subgênero do jazz.

Para executar um bebop é necessário uma técnica boa, instrumentistas bons, já que é cheio de ângulos e saltos.

O nome bebop se refere às onomatopeias que os cantores fazem ao imitar seus instrumentos.
Principais figuras do estilo de jazz bebop são Charile Parjer e Dizze Gillespie, seus fundadores. Mas até hoje o estilo é tocado e reproduzido.

Hard Bop

Hard Bop é dito por alguns críticos como uma evolução do bebop, mas seu nascimento vem de movimentos opostos.

Cool Jazz

Um dos estilos mais famosos, o cool Jazz teve como fundador o exímio trompetista Miles Davis. Em 1949 Miles Davis faz o Cool Jazz ganhar o mundo com seu disco Birth of the Cool. É um estilo de jazz mais introspectivo, mas ainda podem ser encontradas síncopes e bons solos. O Cool Jazz ainda gerou outros estilos mais tarde.

Mulheres no Jazz

As mulheres foram expressões brilhantes no Jazz. Foram vários nomes que trouxeram vida à arte do Jazz. Pianistas, compositoras, cantoras e outras artistas gravaram seu nome na história. Além das cantoras que você já viu anteriormente, outras mulheres podem se destacar, confira:

Mari Lou Williams

mulheres no jazz mari lou
Mari Lou Williams e seu inseparável piano

Um grande nome no Jazz, Mari Lou Williams foi uma distinta compositora, arranjadora e pianista e aprendeu a tocar sozinha, como autodidata.

Sarah Vaughan

mulheres no jazz sarah vaughan
Sarah Vaughan

Uma grande voz do jazz, Sarah Vaughan teve grandes sucessos e era muito elogiada pela sua voz e seu trabalho como artista. Scott Yanow diz que é “uma das vozes mais maravilhosas do século 20”

Nina Simone

Nina foi uma grande expoente do Jazz. Compositora, pianista, a artista transitou entre diversos gêneros musicais e foi ativista do direito civis dos negros nos EUA.

Jazz e moda

A moda é uma expressão do que se vive em determinado momento e não somente um monte de roupa aleatória. Como você sabe, de tempos em tempos surgem novas tendências e vamos nos vestindo de forma diferente.

As expressões artísticas são uma das responsáveis pela mudança na moda. Desde os anos 20, quando o Jazz se expandiu para o mundo, a moda também se influenciou por essa manifestação artística.

era do jazz moda e jazz
Era do jazz – anos 20

A moda dos anos 20 foi muito marcada pela liberdade que a música fazia os jovens sentir, principalmente ao som da bandas da época. Entre as mulheres, nada de espartilhos e sim vestidos mais soltos, com braços à mostra.

moda e jazz anos 20
Moda feminina nos anos 20

Entre os homens, a moda também se modificava e se desafiava. O uso dos smokings para eventos mais formais uma dessas mudanças. Nas apresentações de Jazz, os homens costumavam se vestir com smoking.

Nas condições adversas de seu surgimento, entre escravidão e preconceito, os que faziam jazz usaram a moda, como ferramenta para desafiar a sociedade, criando uma nova estética.

moda e jazz
Músicos de jazz e cantores ao longo da história usaram moda para desafiar estereótipos de raça, classe e gênero

Os chapéus que se usavam nos anos 20 até hoje podem ser encontrados em lojas e em visuais, bem como outros estilos de vestimenta.

moda e jazz
Influência do jazz nos dias de hoje

As maiores Músicas do jazz

Agora é hora de você apreciar as músicas consideradas as melhores do movimento artístico. Em uma pesquisa que considerou 10 mil participações, de pessoas do mundo todo, os sites Jazz24 e NPR Música elegeram as 15 melhores canções de Jazz de todos os tempos. Você pode ouvir a todas clicando aqui. A lista das canções:

Take Five, Dave Brubeck (1920 — 2012)
So What, Miles Davis (1926 — 1991)
Take The A Train, Duke Ellington (1899 — 1974)
Round Midnight, Thelonious Monk (1917 — 1982)
My Favorite Things, John Coltrane (1926 — 1967)
Acknowledgement, John Coltrane (1926 — 1967)
All Blues, Miles Davis (1926 — 1991)
Birdland, Weather Report (1970 — 2006)
The Girl From Ipanema, Stan Getz & Astrud Gilberto (1927 — 1991) (1940 —)
Sing, Sing, Sing, Benny Goodman (1909 — 1986)
Strange Fruit, Billie Holiday (1915 — 1959)
A Night in Tunisia, Dizzy Gillespie (1917 — 1993)
Giant Steps, John Coltrane (1926 — 1967)
Blue Rondo a la Turk, Dave Brubeck (1920 — 2012)
Goodbye Pork Pie Hat, Charles Mingus (1922 — 1979)

E para você, quais são seus artistas e músicas mais interessantes do Jazz?

GIF BAG

Deixe uma resposta